Poemas e Prosas: O menino e o Piano Conto de Wesley Coelho

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

O menino e o Piano Conto de Wesley Coelho

   Existia um lugar de chão de barro em que tinha pequenas quantidades de casas e pessoas,era muito pacata a pequena cidadezinha.
   Tinha uma igrejinha no centro da cidadezinha e na igrejinha havia um lindo piano negro muito bem cuidado por um senhor de idade q vivia como zelador e morador da igrejinha. Como sabia tocar o piano muito bem transformou-se no tocador oficial da igrejinha(até por que só tinha ele como tocador).
    Certa manhã de sábado estava ele cantando e tocando ao piano canções sacras da Igreja e tocando Gospel regionalista, aparace -lhe um menino de cor amarronzada com calças rasgadas e maiores do que ele,camisa muito remendada e descalço.
   O senhor logo o chama: 
 - Oh menino! O que quer ?
 O menino responde: 
 - Quero comida com fome eu estou.
   O vendo a quela cena teve compaixão do menino e lhe deu um copo de leite e um pão e biscoitos pois era o tinha para aquele dia 
   O menino comendo e bebendo começa a assistir aquele senhor de cabelos branquinhos a tocar e cantar ao piano o menino logo se aproxima mais para contemplar arte do senhor, e logo pede para o ensinar aquele instrumento. O senhor o chama para o sentar ao seu lado e começa as aprendizagens.
   O menino passa a ir todos os sábados e o velho senhor o ensina todo tipo de musica desde a mais clássica até a mais contemporânea e o menino se encanta.
   Tempos se passam e o menino já era um jovem e tornou-se o tocador oficial da igrejinha, e as pessoas começam a ir para assistir ao culto e ver o jovem tocar e o senhorzinho a cantar, igreja cresceu, o coral da igrejinha surge, músicos nascem,pessoas se convertem e focou tudo bem por um tempo.
   Até que um dia de sábado o jovem chega perto da igrejinha e avista muitas pessoas dentro da igrejinha e ele entra rapidamente e encontra o seu mestre o velho senhor de cabelo e barba brancas deitado,moribundo,muito doente partindo para a eternidade.O jovem o assiste daquele jeito e estado e começa a chorar e o senhor com muito esforço o chama e diz:
 - Não fique triste meu rapaz Deus está me chamando,agora é a sua vez,faça a obra Dele,nunca esqueça do que te ensinei,nunca esqueça dos momentos em que lhe amostrei a bíblia e o sentido dela em nós,nunca se esqueça de mim, e te deixo a única coisa que tenho de valioso,te deixo o meu piano.
    O jovem emocionado dá-lhe um abraço bem forte no velho senhor já de partida e diz:
 - Fique em Paz 
   E o velho fecha seus experientes olhos e parte em paz. 
  Tempos se passam, o jovem cresce casa-se tem filhos a mulher o deixa e leva seus filhos e fica sozinho como antes em sua infância sofrida só fica com a casa e o piano.
   Certo dia lembra-se do seu velho mestre e começar a tocar no piano o que seu mestre o ensinou e de repente entra um menino na porta de sua casa um menino de pele clara olhos tristes de calças maiores do que ele,camisas rasgadas e descalço. O jovem homem o olha e da um sorriso de lado e pensa:
 - Agora é a minha vez.