Poemas e Prosas: Abril 2015

quinta-feira, 30 de abril de 2015

UM POUCO DE PAZ

UM POUCO DE PAZ
DE WESLEY COELHO
Quando chega a paz,não queremos
mas nada.
Só queremos a humilde paz que um
trabalhador almeja.
Não é necessário fazer guerra para obter paz.
É tolice demasiada.
Quando chega a paz, só queremos ela.
Só queremos um pouco de paz.

TUDO NADA

TUDO NADA
DE WESLEY COELHO

Tudo é tudo, e nada é nada.
Já dizia Tim maia.
Eu penso que o tudo é nada,
e o nada é tudo.
Depende do ponto de vista de cada um.
https://clubedeautores.com.br/book/181333--Poesia_ou_algo_parecido#.VUJrOY5Vikp




terça-feira, 28 de abril de 2015

POESIA OU ALGO PARECIDO

Pessoal deem uma olhada lá no meu livro lançado pela CLUBE DE AUTORES e AGBOOK.
Qualquer uma das duas editoras você pode adquirir o livro, basta se cadastrar no site de uma das duas enviar seus dados é totalmente seguro e clicar em comprar que seu pedido irá até a sua casa. Peço a todos que divulguem meu trabalho e tem mais projeto pela frente espero que você caro leitor do meu blog tire bom proveito das mensagens do livro, e que você sempre reflita em tudo que está acontecendo não deixe pra depois a sua vontade de mudar o mundo vamos todos lutar por um mundo melhor Abraços a todos siga o link abaixo: 
https://clubedeautores.com.br/book/181333--Poesia_ou_algo_parecido?topic=artes#.VOiOcSPF91Y
ou:
https://agbook.com.br/book/181333--Poesia_ou_algo_parecido

segunda-feira, 20 de abril de 2015

POEMA LIMPO

POEMA LIMPO
DE WESLEY COELHO

Poema é limpeza da alma.
Alma poética,
alma quase ética.
Preceitos sobre poema limpo.
É apenas um poeta querendo ser puro.
Poema vem do espirito, no mais profundo
daquilo que existe dentro do espirito.
Poeta é o mais profundo que o espirito pode chegar.
Poeta tem que ser limpo.
Ou pelo menos tinha que ser.
Poema tem que ser vivo dentro de um morto
que se chama poeta.
Ou pelo menos tinha que ser.

INFÂNCIA

INFÂNCIA
DE WESLEY COELHO
Vem os dias,
Vão-se os tempos
Ah, infância.
Eu era feliz e não sabia.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

NÃO CONVÉM

NÃO CONVÉM
DE WESLEY COELHO

Consigo perceber que
a vontade inexprimível de entender
a razão primeira da vida,
não convém a nós
meros mortais sem brilho interior
compreender as obras misteriosas
do Criador.

https://clubedeautores.com.br/book/181333--Poesia_ou_algo_parecido

quarta-feira, 15 de abril de 2015

SELVA CONCRETO

SELVA CONCRETO
DE WESLEY COELHO

Selva de concreto.
Concreto de selvagens.
Selvagens de poderes.
Poderes quase voláteis.

Concreto no coração.
Coração de pedra.
Vai-te embora selvagens!
Não voltem!
Não aguentamos.
Queremos paz,
e não selvas de concreto.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

MUNDO TEM SENTIMENTOS

MUNDO TEM SENTIMENTOS
DE WESLEY COELHO

Mundo sentindo dores de parto.
Mundo sentindo vontade de ficar em seu quarto.
Mundo querendo libertar-se da morte.
Mundo pedindo à Deus para encontrar a sorte.
Mundo sofrido, com seu peito furado
cheio de buracos de bomba.
Mundo, não sejas pessimista em relação ao futuro.
Mundo, continue realista com um futuro cheio de frutos.
Frutos que brotarão paz e amor para ti.
Mundo,meu mundo mudo, muda para surdo.
Daqui a pouco não verá nada.

sábado, 11 de abril de 2015

POESIA SEMPRE

POESIA SEMPRE
DE WESLEY COELHO

Poesia é força.
É gota d'água na boca.
É paz interior.
As vezes conflito inferior.
Poesia é mundo passado,
presente e futuro.
Poesia sempre.

POESIA DE MURILO MENDES

QUINZE DE NOVEMBRO
DE MURILO MENDES

Deodoro todo nos trinques
bate na porta de Dão Pedro Segundo.
- Seu imperadô, dê o fora
que nós queremos tomar conta desta bugiganga.
Mande vir os músicos".
O imperador bocejando responde
"Pois não meus filhos não se vexem
me deixem calçar as chinelas
podem entrar à vontade:
só peço que não me bulem nas obras completas de Vítor Hugo".

terça-feira, 7 de abril de 2015

POESIA DE VINICIUS DE MORAES

A UM PASSARINHO
DE VINICIUS DE MORAES

Para que vieste
Na minha janela
Meter o nariz?
Se foi por um verso
Não sou mais poeta
Ando tão feliz!
Se é para uma prosa
Não sou Anchieta
Nem venho de Assis.

Deixa-te de histórias
Some-te daqui!

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Poesia de Manoel Bandeira

VOZES NA NOITE
DE MANOEL BANDEIRA

Cloc, cloc, cloc...
Saparia no brejo?
Não, são os quatro cãezinhos policiais bebendo água.

domingo, 5 de abril de 2015

NOSSA LITERATURA

NOSSA LITERATURA
DE WESLEY COELHO

Ah, como é rica a nossa literatura.
Parece como se fosse uma árvore frondosa
com folhas verdíssimas e frutas com fartura.
Sinto-me estupendamente, imensamente,
transbordantemente feliz e sortudo de ter nascido
em um País de grande cultura.
Ah, como é rica a nossa literatura.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

A FÉ

A FÉ
DE WESLEY COELHO
A fé move montanhas.
As montanhas do meu ser,
que é impuro, imperfeito
e cheio de defeitos.
A fé se busca, a fé se conquista.
Certamente caminhando vou com fé
para um lugar que me dará Paz.
A fé move montanhas.
As montanhas do meu ser
que é impuro, imperfeito
e cheio de defeitos.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

CRÔNICA DO DIA

PROFESSOR COMO AUTORIDADE
CRÔNICA DE WESLEY COELHO

Dia desses vi um noticiário, sobre uma agressão a um professor de matemática. Um bando de adolescentes marginais (que se diziam alunos) perseguiram o professor (que é uma autoridade, e devia ser chamado assim) e tacaram pedra no profissional da educação.
 Pare para pensar caro leitor que ele (o professor) fez de errado?
Ele é professor isso é o errado. Absurdo como alguns ditos alunos não querem nada com o aprender, com o conhecimento, com a vontade de entender o mundo em sua volta, mas isso também é influência da mídia manipuladora que existe no País e no mundo.
 Tacaram pedra no professor por que ele era exigente demais, então ser exigente é ser um tirano?, um monstro?, um bicho desprezível?, se preocupar com o futuro de vocês crianças, adolescentes e jovens ruim?. Juventude brasileira tomara que vocês mudem de pensamento. Tomara que vocês sejam professores um dia.
 Professor é autoridade maior do que qualquer outra pois todos tem que passar por ele para serem alguém na vida principalmente no país injusto em que vivemos. Respeitemos os professores, respeitemos eles pois são gente como vocês. São pais também, são filhos, são brasileiros como vocês.
 Professor merecia a alcunha de autoridade muito maior do que militar de qualquer órgão/instituição com certeza. Militares como outros que recebem essa alcunha não merecem suas patentes "altas". Patente alta mesmo é a patente de Professor.

Poesia de Drummond

BOCA
DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Boca: nunca te beijarei.
Boca de outro, que ris de mim,
no milímetro que nos separa,
cabem todos os abismos.

Boca: se meu desejo
é importante para fechar-te,
bem sabes disto, zombas
de minha raiva inútil.

Boca amarga pois impossível,
doce boca ( não provarei ),
ris sem beijo para mim,
beijas outro com seriedade.